letras, sons, imagens -- revolução & conservação -- ironia & sarcasmo -- humor mau e bom -- continua preguiçoso
28
Ago 11
publicado por RAA, às 00:58link do post | comentar
Cantigua de Nuno pereyra quãdo cafou cõ dona Ifabel.

Amor, honde tefcondias
n' tempos que me matauas,
que tam forte pareçyas,
& o mais brauo guardauas.

Acupado meu cuydado
com tuas forças ffenty,
mas era por teu mandado,
pois agora vees* por ty.
Entam mandauas efpyas
pera ver como machauas,
mas poys tu vir nam querias,
paragora te guardauas.

*vens


Cancioneiro Geral
de Garcia de Resende

mais sobre mim
Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

18
20

27



pesquisar neste blog
 
blogs SAPO