letras, sons, imagens -- revolução & conservação -- ironia & sarcasmo -- humor mau e bom -- continua preguiçoso
16
Jun 06
publicado por RAA, às 20:17link do post | comentar
A cerveja «Sagres» encheu de cores nacionais o restaurante onde costumo almoçar: a bandeira com o nome do estabelecimento, além de garridas tarjas e tarjetas. Os empregados de mesa envergavam patrióticas camisolas com a esfera armilar. Para ajudar, o ecrã gigante sintonizado na sport tv vomitava portugaaaaaaall com estrilho, seguindo-se o respectivo patrocinador. Perde-se logo a vontade de apoiar.

Claro, com o verde e o encarnado...
Uma Tia minha até queria que eu pendurasse essa bandeira na varanda! A minha resposta foi dar-lha para que Ela o fizesse em casa sua.
Faz como eu, tira um curso de daltonismo.
Ab.
Paulo Cunha Porto a 17 de Junho de 2006 às 10:19

Regime à parte, eu preferia a azul e branca (que aliás era defendida por uma parte dos republicanos). Bastava remover a coroa... Abraço.
RAA a 17 de Junho de 2006 às 13:55

Então e se fosse a Super Bock ;)
João Villalobos a 19 de Junho de 2006 às 13:09

...seria um super-estrilho.
RAA a 20 de Junho de 2006 às 12:38

mais sobre mim
Junho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


22

25
26
27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO