letras, sons, imagens -- revolução & conservação -- ironia & sarcasmo -- humor mau e bom -- continua preguiçoso
19
Dez 06
publicado por RAA, às 22:50link do post | comentar
O mal da nossa literatura é o das revoadas. Tivemos a revoada Junqueiro, a revoada António Nobre, a revoada Cesário Verde, a revoada Fernando Pessoa... Depois vão todos, toc-toc, atrás. E o que pode ser, por vezes, fulgor do génio, sinceridade de um temperamento isolado, transforma-se, nos diminutivos que se seguem, em coro e em fífia.
Não é fácil tocar guitarra com um bombo.
Mestre Outono, Pintor

mais sobre mim
Dezembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



24
27



pesquisar neste blog
 
blogs SAPO