letras, sons, imagens -- revolução & conservação -- ironia & sarcasmo -- humor mau e bom -- continua preguiçoso
12
Ago 05
publicado por RAA, às 23:32link do post | comentar
Dei por eles em miúdo, na televisão, nuns episódios intitulados «Os cavaleiros do céu». Tanguy e Laverdure é uma bd de acção e aventura, desenrolando-se em plena Guerra Fria e salpicada pelos gags do desastradíssimo Laverdure, um trapalhão à altura do capitão Haddock. Com argumento de Jean-Michel Charlier, Uderzo foi o desenhador inicial, mas o sucesso de Astérix obrigou-o a abandonar a série. O pai do pequeno gaulês cedeu então o lugar a Jijé, criador do western Jerry Spring, próximo inspirador da que seria a obra-prima de Charlier: Fort Navajo, narrativa que viria a ganhar o nome do seu protagonista, o Tenente Blueberry. Confusos? Não faz mal. O melhor é ler esta série menor, ou secundária, de dois autores maiores dos quadradinhos.

O Capitão Haddock trapalhão?! Ai, ai, ai, que estamos a pisar terreno perigoso. Trapalhões são os Dupondt. O Capitão é a impulsividade somada aos afectos; e
se uma ou outra coisa corre mal, mas nem sempre, a culpa é do alcool e dos outros. Vá, uma retractaçãozinha...
Aliás, o Hergé dizia que «quando fazia disparates se sentia como os Dupondt, quando se alheava do mundo como o Girassol e quando se irritava, como o Capitão»...
Paulo Cunha Porto a 13 de Agosto de 2005 às 07:47

Vejo que arregaças as mangas. Brindemos com Loch Lomond!...
RAA a 13 de Agosto de 2005 às 15:13

mais sobre mim
Agosto 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

17
18
19

24
25
26
27

28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO