letras, sons, imagens -- revolução & conservação -- ironia & sarcasmo -- humor mau e bom -- continua preguiçoso
26
Mar 07
publicado por RAA, às 22:21link do post | comentar
NO ÚLTIMO RESTAURO

No azulejo vasto há um monge
De perfil pétreo, desdenho eu,
Que relê obstinado o enigma
Audacioso de um Santo do século sexto.
Decifra na miniatura ali desenhada
E que suspensa numa nuvem nos parece.
O monge casto contempla a virtude e
O abismo que se descreve numa súmula
De copista puro.

No último restauro a limpidez
Foi ofuscada por empastados
E cresceu a plumagem da pena
Até então adelgaçada e mais fendida.
A sua mão está quebrada pela argamassa
Que a divide em quadrados de azul.
O monge que decifra nas trevas
O seu refúgio, redige no século sexto.
Descubro, espiando, que há um monge, satânico,
Que redige as trevas.


Absorção da Luz / A Alegria do Mal


publicado por RAA, às 19:55link do post | comentar

publicado por RAA, às 02:41link do post | comentar
Robert Crumb, Mr. Natural

mais sobre mim
Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

16




pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO