letras, sons, imagens -- revolução & conservação -- ironia & sarcasmo -- humor mau e bom -- continua preguiçoso
17
Jan 08
publicado por RAA, às 23:01link do post | comentar
Aqueles, que eu amei, não sei que vento / Os dispersou no mundo, que os não vejo...
Antero de Quental

publicado por RAA, às 22:47link do post | comentar

publicado por RAA, às 00:53link do post | comentar
O ganir dum cão nos fundos agoirentos da noite, entre as hortaliças e os milhos, um estremecimento, uma fuga, uma vaga sensação de nojo, um gosto enjoativo, oriundo dos cheiros bestiais, mesclados de ranço e estearina, ervas secas e odor de mulher mal lavada. É assim o nosso interior medieval, à espera que um arrepio nos levante a espinha...


Deambular ao Lusco-Fusco

mais sobre mim
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


25



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO