letras, sons, imagens -- revolução & conservação -- ironia & sarcasmo -- humor mau e bom -- continua preguiçoso
13
Mai 10
publicado por RAA, às 23:00link do post | comentar
PRIMAVERA

Quando o vento amainar
E a brisa vier em seu lugar;
Quando a roseira branca
-- Toda ela castidade --
Ao dar botões perder a virgindade;
Quando as ondas do mar
-- Curvilíneas sereias --
Vierem espreguiçar-se,
Ensonadas e calmas,
Sobre as fulvas areias;
Quando a relva do prado
For uma verde alfombra,
E o céu, de um puro azul,
Não tiver uma sombra;
Quando o manso rebanho
Deixar cedo o redil,
E o ar, morno e odorífero,
Nos disser que é Abril;
Então é Primavera!
E então, ó meu Amor,
Então é que estarei à tua espera!...


Eterna no Tempo

publicado por RAA, às 21:55link do post | comentar

mais sobre mim
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

22




pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO