letras, sons, imagens -- revolução & conservação -- ironia & sarcasmo -- humor mau e bom -- continua preguiçoso
15
Mai 10
publicado por RAA, às 00:51link do post | comentar
Vitorino Nemésio -- Estavam quase ao alcance da respiração um do outro: ela debruçada num muro de pedra de lava; ele na rampa de terra que bordava a estrada ali larga, acabando com a fita de quintarolas que vinha das Angústias até quase ao fim do Pasteleiro e dava ao trote dos cavalos das vitórias da Horta um bater surdo, encaixado. -- Mau Tempo no Canal (1944)
Eça de Queirós -- O solo final da Africana, com a sua lenta desolação aflita, seria grandiosamente belo no meio desta paisagem severa, cheia das coisas infinitas! / Ao outro dia, no fim do mar azul, aparecia, recortando no profundo céu as suas linhas rectas, fresca e branca, Cádis. -- O Egipto (1869 / 1926)
Alves Redol -- Minha mãe fez-me um almoço de pão de milho e azeitonas, meteu-me tudo num cesto que enfiei no braço e, enquanto o meu pai aparelhava a burrita, dei uma corrida a casa da avó Caixinha para me mostrar. Fez-me uma grande festa, riu-se e chorou, pôs-me ao colo e deu-me umas passas de uvas, oferta que ela sabia ser da minha predilecção. -- Fanga (1943)








mais sobre mim
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

22




pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO