letras, sons, imagens -- revolução & conservação -- ironia & sarcasmo -- humor mau e bom -- continua preguiçoso
23
Mai 10
publicado por RAA, às 03:35link do post | comentar | ver comentários (2)

21
Mai 10
publicado por RAA, às 21:33link do post | comentar
José Régio -- Na disposição de espírito em que viera, não só a tinham importunado, como quase assustado as insistentes atenções do cavalheiro amável. «Vêem uma rapariga só...» -- pensava ela com a sua psicologia de pouco afeita aos caminhos de ferro e aos desembaraços da mulher moderna. Agora, não havia perigo em compensar o seu aliás respeitoso admirador com esse olhar e um sorriso. -- Davam Grandes Passeios aos Domingos
Aquilino Ribeiro -- Abriu muito os olhos o abade e só então se apercebeu duma mocinha -- corpo que acaba de espigar na adolescência -- que às mãos ambas cobria o rosto e soluçava. -- Andam Faunos pelos Bosques
José Saramago -- E não faltam ao mundo cheiros, nem sequer a esta terra, parte que dele é e servida de paisagem. Se no mato morreu animal de pouco, certo que cheirará ao podre do que morto está. Quando calha estar quieto o vento, ninguém dá por nada, mesmo passando perto. Depois os ossos ficam limpos, tanto lhes faz, de chuva lavados, de sol cozidos, e se era pequeno o bicho nem a tal chega porque vieram os vermes e os insectos coveiros e enterraram-no. -- Levantado do Chão



publicado por RAA, às 19:45link do post | comentar

20
Mai 10
publicado por RAA, às 22:43link do post | comentar
Não há meta / Para quem existe / Inteiro
Alberto de Lacerda

publicado por RAA, às 22:13link do post | comentar

19
Mai 10
publicado por RAA, às 23:12link do post | comentar
NOSTALGIA

Que linda, esta Avenida à Beira-mar
Contornando a formosa Guanabara!
A natureza, em tanto ponto avara,
Torna aqui prisioneiro o nosso olhar.

A famosa baía, à luz solar,
(Nunca o mar, como ali, me fascinara!)
Parece uma esmeralda imensa e rara,
Sob o fogo do céu a faiscar.

Trecho da natureza ainda vi
Que ao meu olhar enfeitiçasse tanto
Como o cenário que deparo aqui.

Perdão! Lembrou-me agora esse recanto
Da aldeia portuguesa onde nasci,
-- E já a Guanabara perde o encanto.

Maré Alta

publicado por RAA, às 22:56link do post | comentar

18
Mai 10
publicado por RAA, às 23:14link do post | comentar
Procura-se retiros no campo, à beira-mar, na montanha; e também tu costumas desejar estas coisas no mais alto grau. Mas tudo isso é sinal de uma grande simplicidade de espírito, porque se pode, sempre que se queira, retirar em si próprio. Em parte alguma se encontra retiro mais tranquilo, mais isento de agitação, que na própria alma, sobretudo quando ela encerra esses bens sobre os quais basta a gente debruçar-se para recobrar logo toda a liberdade de espírito [...]. Marco Aurélio
Pensamentos para Mim Próprio (tradução de José Botelho)

publicado por RAA, às 21:14link do post | comentar

17
Mai 10
publicado por RAA, às 20:28link do post | comentar
Anne Hathaway

mais sobre mim
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

22




pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO