letras, sons, imagens -- revolução & conservação -- ironia & sarcasmo -- humor mau e bom -- continua preguiçoso
17
Out 10
publicado por RAA, às 13:28link do post | comentar | ver comentários (2)
Entrara na estalagem e pedira o caldo.
Contrariado, ainda não comprara o Mercúrio.
O rei agonizava. O jovem príncipe, um pequeno génio desinteressado dos assuntos de estado,  passava os dias no laboratório, classificando as espécies zoológicas e botânicas do reino, trocando com sábios de Uppsala e Cracóvia os resultados das suas experiências.
A rainha perdera a vergonha, dizia-se. O duque de Bruff não lhe bastara. Nem o leito. Comentava-se que rodava indecorosamente pelos palafreneiros da estrebaria real.
Sentia as pessoas inquietas. O exércitos imperiais movimentavam-se sem pudor na fronteira oriental.
Não tinha o Mercúrio para ler, e o caldo tardava.

gravura: Théophile Schuler

publicado por RAA, às 03:39link do post | comentar























mais sobre mim
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO