letras, sons, imagens -- revolução & conservação -- ironia & sarcasmo -- humor mau e bom -- continua preguiçoso
26
Nov 09
publicado por RAA, às 00:50link do post | comentar
Duas Mulheres, de João Mário Grilo, Portugal, 2009 («Em competição»). Não percebo porque raio se faz um filme para contar uma história banalíssima, cheia de lugares-comuns. Não há paciência para o
banqueiro beato e sem escrúpulos, a mulher mal casada e mal comida, a call girl prostituta porque gosta de ganhar num dia o que não ganharia num mês se fosse caixa de supermercado. Lamento, mas é tudo muito fraquinho. Salva-se os belos planos do Tejo e Lisboa, o pequeno papel de Nicolau Breyner* e a música de Wagner Tiso.
Eastern Promises, de David Cronenberg*, Canadá, EUA e Reino Unido, 2007 («Retrospectiva David Cronenberg») O que João Mário Grilo quis mostrar em «Duas Mulheres»* («o sentido predador das pessoas», pág. 37 do Catálogo), conseguiu-o plenamente Cronenberg neste filme. O meio é o da máfia russa, o cenário, Londres; Viggo Mortensen faz um papel do outro mundo como homem de mão do chefe mafioso, embora seja agente infiltrado, necessariamente dúbio. Nunca se sabe qual a sua verdadeira fidelidade, e o filme, no final, deixa-nos nessa suspensão. Um filmaço.

Eastern Plays, de Kamen Kalev, Bulgária e Suécia, 2009 («Em competição»). Um filme dum certo mal-estar balcânico e pós-comunista, as tensões étnicas entre búlgaros e turcos, uma perspectiva apesar de tudo esperançosa na possibilidade de comunhão, para além das divisões e das crises económicas, políticas e sociais de conjuntura.

Tenho que ver o Eastern Promises.

Obrigada por toda a informação e testemunho, RAA :)
Ana Paula Sena a 27 de Novembro de 2009 às 02:43

Não perca, Ana Paula.
Obrigado também pela sua atenção :|
RAA a 27 de Novembro de 2009 às 20:44

mais sobre mim
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


28

30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO