letras, sons, imagens -- revolução & conservação -- ironia & sarcasmo -- humor mau e bom -- continua preguiçoso
10
Set 11
publicado por RAA, às 03:02link do post | comentar
Agostinho de Hipona Agostinho agrada-me mais do que todos os outros. Ensinou uma doutrina pura e, como é próprio da humildade cristã, submeteu os seus livros à sagrada Escritura... Foi o primeiro Doutor da Igreja que abordou o tema do pecado original... Agostinho está completamente de acordo comigo. Martinho Lutero // Santo Agostinho foi o primeiro a acreditar nesta estranha ideia [o pecado original] digna da mente apaixonada e romanesca de um Africano devasso e arrependido, maniqueísta e cristão, indulgente e perseguidor, que passou a vida a contradizer-se a si próprio. Voltaire // Os problemas, emsmo os mais elevados, referiu-os sempre ao próprio eu, interiorizou a teologia, fundiu o pensamento abstracto no cadinho do seu coração, elevou-se até ao firmamento da ideologia, mas com asas de fogo... Em virtude deste apelo á experiência interior do indivíduo, tanto como pela sua inquietação apaixonada, pode dizer-se, com as necessárias reservas, que é ele o primeiro romântico do Ocidente, o primeiro homem moderno. Giovanni Papini

31
Mai 11
publicado por RAA, às 23:03link do post | comentar | ver comentários (5)
Qui n'a pas l'esprit de son âge, / De son âge a tout le malheur.
Voltaire
tags:

12
Nov 05
publicado por RAA, às 13:16link do post | comentar
O seu testamento é glorioso. Deixou-nos um famoso legado, composto de obras primas. 'Mérope' e 'Catão', reminiscências de Voltaire, temperadas pelo génio peculiar do autor; o 'Parnaso Lusitano', modelo de selecção; a 'D. Branca', episódio épico incomparável; 'Camões', elegia sublime; o 'Romanceiro', repositório de esplendores sem reproches; as 'Viagens na minha terra', desespero de folhetinistas e romancistas; 'Um Auto de Gil Vicente', áureo reflexo de uma época memorável; o 'Alfageme', tão português, tão nosso, que nos obriga a cantar com Froilão e a combater com Nun'Álvares; o 'Frei Luís de Sousa', drama de primeira ordem, modelo eterno do género; o 'Arco de Sant'Ana', tão cheio de alusões finíssimas; e, aos cinquenta anos, admirai berberes, curvai-vos moçárabes, batei nos peitos rapazes-velhos, aos cinquenta anos Garrett, sempre juvenil, escreveu de um jacto as 'Folhas caídas'!
Garrett, Castilho, Herculano e a Escola Coimbrã

mais sobre mim
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15


25
26
27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO